Taxa de desemprego na RMF se mantém em alta há cinco meses consecutivos

foto_17983

Pesquisa do IDT em fevereiro mostra aumento do desemprego na Região Metropolitana de Fortaleza. Uma tendência que se repete pelo quinto mês consecutivo.
A taxa de desemprego na Região Metropolitana de Fortaleza variou de 10,2% em janeiro para 11,7% em fevereiro. Em números absolutos, isso corresponde a 213 mil pessoas. É o segundo maior contingente de desocupação desde dezembro de 2008. Foram cerca de 29 mil pessoas que perderam seus empregos de janeiro para fevereiro deste ano. Os dados são da pesquisa de emprego e desemprego divulgados pelo IDT e Dieese.
De acordo com a pesquisa realizada em Fortaleza e mais 12 municípios e Região Metropolitana, houve eliminação de postos de trabalho em quase todos os setores de atividade econômica. A indústria de transformação liderou as demissões (9 mil vagas), seguido do setor de serviços (4 mil vagas) e comércio e reparação de veículos automotores e motocicletas (3 mil vagas).
Este foi o quinto mês consecutivo em que houve diminuição nos postos de trabalho na RMF. Outro dado preocupante é que também foi registrada redução do rendimento de quem continua empregado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *