Cunha dá festa de despedida e tenta adiar votação na Câmara

05
Eduardo Cunha continua “aprontando” mesmo tendo renunciado à presidência da Câmara dos Deputados e estando com o mandato suspenso pelo STF. Ele promoveu um churrasco para funcionários na Residência Oficial, onde ele tem um prazo de 10 dias para desocupar o imóvel. A festa teve música ao vivo e serviço de buffet. Mas pra comemorar o que mesmo?
Na medida que ganha tempo, setores do Governo Temer articulam votar o processo de cassação de Cunha somente depois do julgamento final do impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff.
O ex-presidente da Câmara estaria mandando recados de que poderia fazer uma delação premiada com sua provável cassação. Isso deixa muito deputado de “cabelo em pé”.

CIENTZanuncio clipping ANUNCIE+++

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *