Lula denuncia práticas ilegais do juiz Sérgio Moro na ONU

moro-lula
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva denunciou à ONU que o juiz federal Sérgio Moro, principal comandante da Operação Lava Jato, mantém suspeitos na prisão para forçar delação premiada. Os advogados do petista alegam que os investigados ‘não têm direito a habeas corpus’.
A defesa de Lula protocolou uma petição no Comitê de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas, em Genebra. O documento é subscrito pelo escritório Teixeira, Martins & Advogados e pelo advogado Geoffrey Robertson (Queen’s Counsel).

CIENTZanuncio clipping ANUNCIE+++

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *