STJ afasta dois desembargadores acusados de compra de liminares no Ceará

desembargadores-do-ceara

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou o afastamento dos desembargadores Francisco Pedrosa e Sérgia Miranda após as denúncias de compra de liminares virem a público. Os dois prestaram depoimentos, coercitivamente, durante a 2ª fase da Operação Expresso 150, da Polícia Federal.
A presidente do Tribunal de Justiça do Ceará, Maria Iracema Martins do Vale, instaurou sindicância contra os magistrados. Os assessores e oficiais de gabinete vinculados aos dois desembargadores também foram exonerados de seus cargos.

 

novo logo-COMUNICAÇÃO anuncio clipping ANUNCIE+++

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *