Câmara aprova medidas anticorrupção com penas previstas para juízes e promotores

camara

A Câmara dos Deputados aprovou, por 450 votos contra 1, o texto-base do projeto de lei com o chamado pacote de medidas anticorrupção, que recebeu diversas alterações em sessão extraordinária. Entre as mudanças está a inclusão no texto da possibilidade de juízes e promotores responderem por crime de abuso de autoridade.
A emenda, apresentada pelo PDT, era alvo de críticas da força tarefa da Operação Lava Jato. O procurador da República Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato no Paraná, criticou a manobra. “Está sendo aprovada a lei da intimidação contra promotores, juízes e grandes investigações”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *