AL vota orçamento estadual e entra em recesso até fevereiro

evandro

Mesmo com a suspensão da PEC que extingue o TCM, através de liminar do STF, a Assembleia Legislativa conseguiu votar a proposta da Lei Orçamentária Anual (LOA), ainda na noite de quarta-feira, dia 28 de dezembro.
Foram aprovadas 1.234 emendas de parlamentares ao projeto enviado pelo Executivo. Como o Tribunal de Contas dos Municípios está mantido até apreciação do STF, na volta do recesso em fevereiro, uma emenda do líder do Governo, Evandro Leitão, alterou o valor destinado ao TCM no orçamento. O órgão irá receber
R$ 82.767.611 para despesas em 2017.
Após a votação do orçamento estadual, a Assembleia Legislativa entrou em recesso e só retoma os trabalhos agora no dia 1º de fevereiro do próximo ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *