Câmara aprova o texto base da reforma trabalhista

images (18)

Deputados federais aprovaram o texto base da reforma trabalhista por 296 votos favoráveis e 177 contra. Para seguir ao Senado Federal, os deputados ainda precisam votar os destaques, com sugestões de mudanças no texto. Ainda há 17 destaques apresentados pelos partidos que precisam ser analisados e podem alterar o conteúdo das reforma. A análise e votação da matéria se estenderam por toda a quarta-feira na Câmara dos Deputados.
Pela oposição, PT, PDT, PSOL, PCdoB e Rede se posicionaram contra o projeto. O PSB, SD e PMB também orientaram suas bancadas a votar contra a aprovação do texto-base. O PHS liberou a bancada. Os demais partidos da base governista votaram a favor do projeto de lei.

Apesar da aprovação, o Governo Federal sofreu várias traições de aliados. Resultado: líderes de partidos aliados foram avisados que haverá reunião na tarde desta quinta-feira, dia 27 de abril, no Palácio do Planalto. Na pauta: infidelidade e exonerações de cargos dos “infiéis”.

 

Veja como votaram os deputados cearenses:
Adail Carneiro (PP) A favor
André Figueiredo (PDT) Contra
Aníbal Gomes (PMDB) A favor
Ariosto Holanda (PDT) Ausente
Cabo Sabino (PR) Contra
Chico Lopes (PCdoB) Contra
Danilo Forte (PSB) A favor
Domingos Neto (PSD) A favor
Genecias Noronha (SD) Ausente
Gorete Pereira (PR) A favor
José Airton Cirilo (PT) Contra
José Guimarães (PT) Contra
Leônidas Cristino (PDT) Contra
Luizianne Lins (PT) Contra
Moses Rodrigues (PMDB) A favor
Macedo (PP) Ausente
Odorico Monteiro (PROS) Contra
Paulo Henrique Lustosa (PP) Ausente
Raimundo Gomes de Matos (PSDB) A favor
Ronaldo Martins (PRB) Contra
Vaidon Oliveira (DEM) A favor
Vitor Valim (PMDB) Contra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *