CCJ do Senado aprova eleições diretas caso Temer saia da Presidência

images (24)

Senadores, que compõem a Comissão de Constituição e Justiça, parece que começaram a ouvir a voz das ruas. Eles aprovaram nesta quarta-feira, dia 31 de maio,a admissibilidade da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) 67/2016, que prevê eleições diretas para presidente e vice-presidente da República em caso de vacância desses cargos nos três primeiros anos do mandato presidencial.
Se a proposta for aprovada pelos senadores e, depois, pela Câmara dos Deputados, uma eventual saída de Michel Temer (PMDB) da Presidência devido à atual crise política levaria a eleições diretas, com o eleito completando o restante do mandato até 2018. O novo pleito aconteceria em 90 dias após o afastamento do presidente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *