Temer indica opositora de Rodrigo Janot para a PGR

images (60)

Acuado com as delações da JBS, o presidente Temer tenta esvaziar as ações do procurador-geral Rodrigo Janot. E uma delas foi a indicação da nova procuradora Raquel Dodge, apontada como opositora de Janot.

Em uma lista de três nomes, Temer escolheu a segunda colocada e quebrou tradição que vinha desde 2003 de escolher nome mais votado na lista.
O mandato de Janot à frente da PGR termina em setembro. Até lá, ele deve oferecer outra denúncia contra o presidente Michel Temer.

A escolha de Raquel, que vinha sendo apontada como favorita dos aliados do presidente, contava com o apoio do ministro do STF, Gilmar Mendes, que andou se reunindo com Temer fora da agenda oficial. Gilmar e Temer se encontraram na terça-feira, dia 27 de junho, na casa do Ministro do STF. Segundo o Planalto, para falar sobre reforma política. Sei, sei, sei…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *