Governo e oposição traçam estratégias para votação no dia 2 de agosto

unnamed (3)

Com a possibilidade de uma segunda denúncia do procurador Rodrigo Janot contra Michel Temer, o Palácio Planalto está mudando a estratégia. O governo está achando melhor esperar e tentar votar tudo de uma só vez. Não é certo que a votação da denúncia ocorra no dia 2 de agosto.

Enquanto isso, Temer busca fortalecer a tropa de choque. O Planalto promete uma debandada ministerial. Os 12 ministros que são deputados licenciados retomarão os mandatos para fortalecer o governo durante a discussão em plenário, na próxima quarta-feira.

Enquanto isso, a situação das contas públicas continua complicada e o corte de gastos já muda a rotina de universidades federais, que demitem terceirizados, reduzem consumo, cortam bolsas e paralisam obras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *