PSDB continua no Governo, mas a maioria vai votar contra Temer na Câmara

images (27)

De acordo com o líder do PSDB na Câmara dos Deputados, Ricardo Tripoli (SP), dos 46 deputados tucanos, cerca de 30 devem votar pelo prosseguimento da denúncia contra o presidente Michel Temer na próxima quarta-feira, dia 2 de agosto. Mesmo assim, a direção do PSDB não toma uma decisão de entregar os cargos no Governo Federal. Parece o apego ao poder.

Os tucanos ocupam quatro ministérios: Cidades, Relações Exteriores, Direitos Humanos e Secretaria de Governo. O ministro Aloysio Nunes, das Relações Exteriores, que defende a permanência do PSDB no Governo, deu uma pista dos motivos para não abandonar Temer. Ele diz que seu partido precisa “baixar a bola” e deixar de pensar que abandonar o barco vá salvá-lo nas próximas eleições.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *