TCE corta vantagens dos conselheiros do extinto TCM

unnamed (2)

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) decidiu cortar o auxílio-moradia e auxílio-alimentação destinados aos sete conselheiros em disponibilidade do extinto Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). O entendimento é de que, como os conselheiros não estão mais em atividade, eles devem receber apenas a remuneração sem a inclusão dos respectivos benefícios. A tendência é que alguns dos conselheiros em disponibilidade recorram da decisão.

Por outro lado, a maioria dos conselheiros do TCE decidiu manter o auxílio moradia do desembargador Carlos Rodrigues Feitosa, que está afastado de suas funções desde junho de 2015, quando foi deflagrada a primeira fase da Operação Expresso 150. A operação investiga a venda de liminares no Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *