Em caravana pelo Sudeste, Lula defende mais empregos no lugar de armas

unnamed

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) está em caravana pelo Rio de Janeiro e Espírito Santo. Ele aproveitou a plateia para alfinetar a proposta do presidenciável Jair Bolsonaro (PSC), que aparece em segundo lugar nas pesquisas, atrás de Lula, que propõe armar a população.

Lula disparou que a solução para diminuir os índices de violência no Brasil é dar emprego e salário para a população pobre no lugar de estar liberando distribuição de arma de fogo.
O petista ainda reforçou que não vai ser distribuindo arma no campo que vai se resolver os conflitos entre fazendeiros e trabalhadores ligados ao MST.
O uso de fuzis por fazendeiros contra invasões de militantes do MST já foi defendido publicamente pelo deputado federal Jair Bolsonaro, que tem a liberação do porte de armas entre suas principais bandeiras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *