Reforma trabalhista reduz postos de trabalho com carteira assinada no País

images (49)

A promessa de geração de empregos feita pelo Governo Federal com a aprovação da reforma trabalhista ainda não aconteceu. Números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) no País mostram que o Brasil perdeu 12.292 vagas de trabalho com carteira assinada em novembro deste ano.

O dado representa a diferença entre as contratações, que somaram 1.111.798, e o de demissões no mês passado, que totalizaram 1.124.090. É o reflexo da chamada jornada intermitente que já causou várias demissões de pessoas com carteira.

Em tempo, o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, pediu demissão do cargo nesta quarta-feira, dia 27 de dezembro. Ele alegou razões pessoais para entregar o cargo, dizendo que pretende se dedicar à campanha para reeleição a deputado federal. Realmente, ligado ao Governo Temer, ele caminhava para não se reeleger. Resta saber se ainda haverá tempo para recuperar sua imagem junto ao eleitorado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *