Reajuste do salário mínimo é a última piada do Governo Temer em 2017

images (53)

Somados aos diversos cortes em programas sociais ao longo do ano, o presidente Michel Temer fecha 2017 com o anúncio do reajuste do salário mínimo mais pífio dos últimos 24 anos. Elevou o mínimo em 1,81%, de R$ 937,00 para R$ 954,00, uma diferença de R$ 17. O aumento será inferior à inflação acumulada em 12 meses pela primeira vez desde 2011.
O reajuste anunciado discretamente em um decreto presidencial surpreende ao trazer aumento menor que o sinalizado pelo próprio governo. Mas há uma razão pra isso. A equipe econômica tira dinheiro de quem ganha pouco pra tentar compensar o rombo nas contas do Governo que está mais alto do que nunca.

Aí, Temer ainda tem a coragem de ficar abrindo a boca pra falar em crescimento econômico, geração de emprego e outras baboseiras. Que as eleições de 2018 cheguem logo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *