Enel reforça fiscalização e recolhe mais de oito toneladas de fios irregulares no Ceará

unnamed (15)

A Enel reforça a fiscalização aos fios irregulares que ocupam os postes da Capital. Até o ano passado, foram retiradas mais de oito toneladas de cabos e caixas ilegais, que favorecem a ocorrência de acidentes. Um problema que se repete não só em Fortaleza, como em municípios do interior do Estado.

Para quem circula nas calçadas e encontra fiação pendurada ou no chão, a maior preocupação é com os choques elétricos.

Um levantamento feito pela Enel mostrou que no Estado há cerca de 312 mil cabos e 20 mil postes irregulares. Mensalmente são realizadas duas mil e 600 fiscalizações. Constatada uma irregularidade, a empresa responsável pelo poste é notificada.

Os postes são de gestão da companhia distribuidora de energia elétrica. Pela legislação, cada poste só pode ter seis ligações, sendo quatro de telecomunicações, um de eletricidade e um do Governo do Estado. “A distância mínima da fiação da rede elétrica para a de telecomunicação é de seis metros. Determinação muitas vezes não cumprida”, disse Ronaldo Freire, responsável de Clientes Institucionais da Enel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *