Mutirão contra a dengue envolve moradores do Grande Jangurussu

unnamed (5)

A Prefeitura de Fortaleza promoveu nesta terça-feira, dia 27 de fevereiro, um mutirão contra o Aedes aegypti no bairro Jangurussu. O objetivo da ação é reforçar o combate ao vetor transmissor da dengue, zika e chikungunya, além de alertar a população sobre as medidas necessárias para evitar a proliferação do mosquito em suas residências.

As atividades educativas tiveram início no Cuca Jangurussu com apresentações culturais e exposição sobre o ciclo reprodutivo do Aedes aegypti, realizada pela Fundação Oswaldo Cruz.

Os agentes do município também desenvolveram ações de tratamento focal, de controle químico e de mobilização e educação nas casas dos moradores da região, fazendo a identificação e a eliminação de criadouros do mosquito transmissor.

De acordo com o Boletim Epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde, a região do Grande Jangurussu, com 96 mil habitantes, apresentou números significativos das doenças transmitidas pelo Aedes aegypti nos últimos anos. Em 2017, foram confirmados 424 casos de dengue e 591 de chikungunya.

Mesmo com a quadra chuvosa de 2018 ainda no início, a região já possui 68 casos notificados de dengue e três de chikungunya.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *