Acesso dos torcedores ao PV e Castelão terá reconhecimento facial

images (48)

O governador Camilo Santana e o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, querem dar início a um novo método para reforçar a identificação de torcedores responsáveis pelo violência dentro dos estádios e fora deles. Muitos deles, já com passagem na Polícia e até mesmo integrando as chamadas facções criminosas.

A ideia é cadastrar os torcedores e ter o registro biométrico. Na entrada dos estádios, o torcedor teria um reconhecimento facial. Quem já responder a algum processo envolvendo violência no estádio ou até mesmo outro crime, será identificado e barrado.

O trabalho de cadastramento não é fácil, mas já terá por base o sistema de Bilhete Único implantado pela Prefeitura de Fortaleza, que tem hoje mais de um milhão de cadastros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *