Governo aciona o Ministério Público para atuar no combate às brigas de torcidas organizadas

IMG_20180312_130556_854

O governador Camilo Santana se reuniu nesta segunda-feira, dia 12 de março, com membros do Ministério Público para definir ações preventivas sobre atuação das torcidas organizadas. A Polícia Civil continua investigando os motivos da Chacina do Benfica, onde morreram sete pessoas na noite da última sexta-feira, na Praça da Gentilândia, em Fortaleza.
Camilo Santana recebeu no Palácio da Abolição membros do Núcleo de Defesa do Torcedor no Ministério Público e dirigentes da Federação Cearense de Futebol e de Ceará e Fortaleza. Na pauta do encontro, ações preventivas sobre atuação das torcidas organizadas nos estádios. Na sexta-feira passada, quatro das sete vítimas fatais da Chacina do Benfica eram integrantes da Torcida Uniformizada do Fortaleza, a TUF.
A ideia é buscar reduzir as brigas envolvendo os grupos organizados, que tem resultado em morte de membros e até de pessoas sem nenhuma relação com as torcidas.
Camilo Santana garantiu que a Polícia dará uma resposta quanto a prisão nos envolvidos na Chacina do Benfica. Por enquanto, apenas um suspeito foi preso.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *