Pedido de CPI do Narcotráfico na Assembleia Legislativa foi arquivado

images (51)

Sem apoio da base governista, o pedido de instalação da CPI do Narcotráfico foi arquivado na Assembleia Legislativa do Ceará. O presidente da AL, Zezinho Albuquerque, diz que a proposta não teve o número mínimo de assinaturas, que são 12. O pedido de instalação foi feito ainda em 2015 e agora tinha ganhado força com manifestações da oposição e a ocorrência das últimas chacinas em Fortaleza e Região Metropolitana.

A avaliação de deputados governistas é que uma CPI na Assembleia pouco iria contribuir com a ação da Polícia, pelo fato do tráfico de drogas ter ramificações internacionais. Parlamentares chegaram a demonstrar medo de integrar a CPI temendo represálias e a própria segurança.

Zezinho Albuquerque diz que a AL estuda a realização de um seminário para discutir a questão da segurança no Ceará, em maio, durante dois dias, com a participação de especialistas internacionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *