MPF no Ceará volta a exigir ampliação nos leitos de UTI neonatal na rede pública

images (11)

A luta vem desde 2006. Mas, agora, a procuradora da República no Ceará, Nilce Cunha Rodrigues, vai exigir judicialmente a criação de novos leitos de UTI neonatal na rede pública do Estado. O MPF pede que seja imposto o prazo de um mês para a implementação de novos leitos, sob pena de multa diária de R$ 10 mil.
A Sociedade Brasileira de Pediatria estima que no Ceará há um déficit de 258 leitos de  UTI neonatal no Ceará. Hoje, são 234 leitos disponíveis, sendo 175 oferecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *