Ex-governador tucano tem recurso rejeitado e está a caminho da prisão

images (4)

A candidatura do tucano Geraldo Alckmin começa a sofrer desgastes para decolar nas pesquisas eleitorais para a Presidência da República antes mesmo do seu registro. Primeiro foi o senador Aécio Neves que se tornou réu no STF. Agora, é o ex-governador de Minas Gerais, Eduardo Azeredo, que está a caminho da prisão por causa do chamado “Mensalão Tucano”. A 5ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Minas Gerais rejeitou os recursos da defesa do ex-governador do PSDB.  O tribunal ainda não decidiu quando ele será preso.
Eduardo Azeredo tentava anular a condenação de 20 anos e um mês pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro.
A defesa do ex-governador tucano ainda tem direito a mais um recurso em segunda instância: os embargos de declaração sobre o acórdão. Só então o Tribunal de Minas Gerais considera que os recursos estarão encerrados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *