Em meio à pressão da PF, Temer faz balanço de dois anos de gestão em clima de despedida

15 de Maio de 2018 - Presidente Michel Temer faz balanÁo dos dois anos de governo, durante o evento O Brasil Voltou, no Pal·cio do Planalto.  - NACIONAL - 16NA1074  -  FABIO RODRIGUES POZZEBOM/AGÍNCI

Teve clima de despedida o balanço de dois anos de gestão do presidente Michel Temer, em Brasília. Faltam sete meses para o fim da sua gestão à frente da Presidência da República. Paralelo ao balanço, a Polícia Federal pediu mais 60 dias para concluir o inquérito que investiga ele e os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Minas e Energia), todos do MDB. O pedido foi enviado ao ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), relator do caso na Corte.
Antes de decidir, Fachin deverá encaminhar o pedido para análise da Procuradoria Geral da República (PGR). O inquérito apura o suposto de pagamento de propina pela Odebrecht na Secretaria de Aviação Civil quando a pasta foi comandada pelo MDB. Embora o inquérito tenha sido aberto em março do ano passado, Temer só foi incluído entre os investigados em março deste ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *