Greve dos caminhoneiros começa a gerar clima de caos em todo o País

IMG_20180523_183851

A paralisação dos caminhoneiros em todo o País por causa do reajuste no preço do diesel começa a gerar um clima de caos nas principais capitais. Com caminhões parados ao longo das BRs que cortam os estados, há ameaças de desabastecimento de alimentos, combustíveis, entrega de cartas e funcionamento de transporte público. Já está faltando etanol em postos de combustíveis de várias cidades.

Filas se formam em postos de combustíveis de Fortaleza. Motoristas tentam abastecer os carros em locais onde há estoques e o preço ainda é o antigo. Mas o temor agora é faltar combustível e não ter como chegar em casa.

O pior é a perda de controle do Governo Federal nas negociações para por fim à greve. Não consegue resolver a questão da alta do preço dos combustíveis, que subiu de forma desenfreada, e falta credibilidade ao presidente Michel Temer em pedir trégua aos caminhoneiros. A categoria promete manter a paralisação por mais dois dias.

A situação é grave e pode piorar. Aeroportos estão com racionamento no abastecimento das aeronaves e foi impactada a produção de 16 fábricas de carros e caminhões no País. Na produção de alimentos, há fábricas que suspenderam as atividades porque estão sem poder escoar os produtos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *