Petroleiros vão entrar em greve e devem agravar ainda mais a crise no abastecimento

petrobras_2

O Governo Federal enfrenta sua maior crise na Era Temer. Nem mesmo conseguiu resolver os protestos com os caminhoneiros que lutam para reduzir o preço do diesel, o presidente Michel Temer terá mais uma greve para resolver. Os petroleiros vão fazer uma greve de advertência de 72 horas a partir de quarta-feira, dia 30 de maio. As atividades só serão retomadas no final da noite de sexta-feira, 1º de junho.

E a pauta de protesto envolve outras questões. A Federação Única dos Petroleiros exige a redução do preço do gás de cozinha e da gasolina. Quer ainda a demissão de Pedro Parente, atual presidente da Petrobras e a imediata interrupção da venda de ativos da estatal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *