Ciro Gomes culpa no Roda Viva presidente da Petrobras por crise no preço dos combustíveis

images (12)

Em participação no programa Roda Viva, da TV Cultura, o pré-candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, culpou o presidente da Petrobras, Pedro Parente, pela alta dos preços dos combustíveis, motivo da greve dos caminhoneiros. “O governo brasileiro impôs à sociedade nacional uma política de preços na Petrobras absolutamente fraudulenta”, disse.

Para Ciro Gomes, “essa política desconsidera o custo do barril de petróleo do Brasil e passa a cobrar como se o barril de petróleo brasileiro, que custa ao redor de US$ 17, fosse o custo do barril de petróleo negociado no mercado especulativo do estrangeiro, que hoje está perto de US$ 90″.O presidenciável do PDT descarta uma política de controle de preços. “Isso foi o erro do passado recente do Brasil, não nos serve. O que serve à Petrobras é praticar uma matriz de custos absolutamente transparente”. O resultado disso significaria, segundo Ciro, que “o diesel poderia estar hoje em no máximo R$ 3 reais”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *