Ministro do Trabalho é exonerado em mais uma crise do Governo Temer

ministro

A Operação Registro Espúrio desencadeou mais uma crise na estrutura do Governo Temer. Desta vez, tendo como alvo, o Ministério do Trabalho. O próprio ministro Helton Yomura foi o primeiro a cair, por decisão do Palácio do Planalto. Ele foi exonerado sob acusação de ter se beneficiado de um esquema fraudulento dentro do Ministério.

Deflagrada no dia 30 de maio para apurar a suspeita de fraudes no registro de sindicatos junto ao Ministério do Trabalho, a Operação Registro Espúrio deixou o Ministério temporariamente sem comando. A pedido da PF e da Procuradoria-Geral da República (PGR), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, determinou o afastamento de Yomura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *