Primeiro debate entre presidenciáveis na TV deixa a desejar nas soluções apresentadas

9ago2018---candidatos-participantes-do-primeiro-debate-com-presidenciaveis-nas-eleicoes-de-2018-realizado-pela-tv-band-1533884129319_300x200

O eleitor que deixou para dormir tarde nesta quinta-feira, dia 9 de agosto, a fim de assistir ao debate na TV promovido pela Band, deve ter ido para a cama decepcionado com a performance da maioria dos candidatos. O debate foi morno e o que se viu foi uma prova de que muitos deles não estão preparados para assumir o cargo que almejam.

Propostas decorebas e sem noção de como colocá-las em prática. Esta talvez tenha sido a tônica do discurso de vários deles. Afinal, o eleitor que se preocupa em acompanhar a campanha, já está acostumado a ver as promessas milaborantes que são apresentadas e nunca colocadas em prática.

Sem Lula, o PT ficou sem representante no debate. Participaram Jair Bolsonaro (PSL) e Guilherme Boulos (PSOL), que ainda trocaram algumas farpas, Álvaro Dias (Podemos), Cabo Daciolo (Patriota), Ciro Gomes (PDT), Geraldo Alckmin (PSDB), Henrique Meirelles (MDB) e Marina Silva (Rede).

A Operação Lava Jato e a polêmica sobre a participação do ex-presidente Lula no processo eleitoral foram esquecidos pelos candidatos no debate.

Com algum conhecimento administrativo, ainda mostraram conteúdo Ciro Gomes (PDT), que foi pouco acionado; Geraldo Alckmin (PSDB), que tentou vender a experiência do governo em São Paulo como exemplo para o País; e Marina Silva (Rede), já calejada dos temas discutidos em tantos debates na TV em eleições anteriores.

De fato, os presidenciáveis têm muito a melhorar na capacidade de apresentar ações concretas e objetivas para o eleitor, que espera ver o País sair do marasmo que está.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *