Tasso Jereissati admite que o PSDB errou em apoiar governo de Michel Temer

images (42)

O senador Tasso Jereissati (PSDB) fez um “mea culpa” pelo fato dos tucanos terem apoiado a derrubada da presidente Dilma Rousseff e terem “embarcado” no governo de Michel Temer, inclusive, assumindo ministérios.

As revelações foram feitas em entrevista concedida ao jornal O Estado de São Paulo. “O partido (PSDB) cometeu um conjunto de erros memoráveis. O primeiro foi questionar o resultado eleitoral. Começou no dia seguinte (à eleição). Não é da nossa história e do nosso perfil. Não questionamos as instituições, respeitamos a democracia. O segundo erro foi votar contra princípios básicos nossos, sobretudo na economia, só para ser contra o PT. Mas o grande erro, e boa parte do PSDB se opôs a isso, foi entrar no governo Temer. Foi a gota d’água, junto com os problemas do Aécio (Neves). Fomos engolidos pela tentação do poder.”
Tasso Jereissati ainda comentou as dificuldades do candidato tucano Geraldo Alckmin na campanha eleitoral. “Até a última pesquisa ninguém se deslocou muito. O próprio (Jair) Bolsonaro subiu um pouco depois do atentado em Juiz de Fora, mas não muito. Com a saída do Lula, parte dos votos dele migrou para outros candidatos, mas principalmente para o (Fernando) Haddad, que foi quem mais cresceu olhando em média as duas pesquisas mais recentes. A partir de agora, com a saída definitiva do Lula do cenário eleitoral, vamos ter, realmente, uma mudança mais consistente no comportamento do eleitorado”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *