Cid Gomes e Eduardo Girão são os eleitos para o Senado no Ceará. Eunício fica fora

images (97)

Como já era previsto nas pesquisas, Cid Gomes (PDT) foi eleito senador no Ceará. Mas o que os institutos não mediram foi a eleição de Luís Eduardo Girão (Pros) para o Senado, derrotando o atual presidente da Casa, Eunício Oliveira (MDB). Apesar do apoio informal do governador Camilo Santana, Eunício perdeu a eleição por uma diferença pequena. Pouco mais de 10 mil votos.

Desgastado politicamente por ter se aliado ao atual presidente Michel Temer (MDB) após o impeachment de Dilma Rousseff (PT), Eunício ainda enfrentou denúncias na Operação Lava Jato.

A vitória de Eduardo Girão também tem ligação pelo fato do empresário, que é ex-presidente do Fortaleza, não ter qualquer envolvimento com política. É um nome novo e que pode, efetivamente, representar um sentimento de renovação no Senado Federal.

Cid Gomes e Eduardo Girão se juntam ao senador Tasso Jereissati (PSDB), que ainda tem quatro anos de mandato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *