PSDB e MDB perdem quadros no Ceará. E qual será o futuro?

images (99)

O PSDB do senador Tasso Jereissati não perdeu apenas a disputa para o Governo do Estado com General Theophilo. Não elegeu Dra. Mayra Pinheiro para o Senado. Também não reelegeu Raimundo Gomes de Matos para a Câmara Federal, nem Carlos Matos na Assembleia Legislativa.

Resta saber qual será o papel de Tasso Jereissati a ser desempenhado no segundo mandato do governador Camilo Santana (PT). Tasso ainda tem mais quatro anos no Senado. Ganhou a companhia de outro senador de oposição: Eduardo Girão (Pros).

O MDB teve como maior derrota a não reeleição do senador Eunício Oliveira. Maior liderança do partido no Ceará, Eunício tinha força política por ser o presidente do Senado e do Congresso Nacional.

Em nota divulgada nesta segunda-feira, dia 8 de outubro, Eunício Oliveira reconheceu a derrota para Eduardo Girão para o Senado e anunciou que vai se afastar da política para “cuidar da vida pessoal”. Até janeiro de 2019, Eunício continua no Senado. Inclusive, caberá a ele dar posse ao novo Presidente da República que será eleito ainda este mês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *