Michel Temer e outros 10 são indiciados pela PF no inquérito dos Portos

images (10)

O presidente Michel Temer vive um fim de governo melancólico. Esquecido por todos no Palácio do Planalto. Mas não para a Polícia Federal, que decidiu indiciar o presidente e outros 10 investigados por corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa no inquérito dos Portos. A investigação envolve a edição de um decreto pelo emedebista que teria beneficiado empresas do setor. Não custa lembrar que Temer perde o foro privilegiado em janeiro de 2019 quando deixa a Presidência da República.

Na lista de indiciados estão a filha de Temer, Maristela, o coronel reformado da Polícia Militar João Baptista Lima Filho, o coronel Lima, e o ex-assessor especial do emedebista Rodrigo Rocha Loures – o homem da mala dos R$ 500 mil da JBS.
A PF pediu a prisão preventiva do coronel Lima e de outros três alvos da investigação. O relatório final com os indiciamentos e os pedidos de prisão foi enviado ao ministro Luis Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Procon Fortaleza realiza mutirão para renegociação de dívidas de consumidores

procon_atendimento_0

O Procon Fortaleza realiza mutirão para renegociação de dívidas de consumidores. Todos os contatos são feitos linha direta com as empresas.

O mutirão do Procon Municipal começou na segunda-feira, dia 15 de outubro, e vai até sexta-feira, dia 19. A meta é atingir pelo menos dois mil consumidores, que poderão conseguir descontos especiais em relação a dívidas com empresas que aderiram ao mutirão. São 19 bancos e operadoras de cartão de crédito, cinco operadoras de telefonia celular e a Enel Distribuição de Energia.

Os descontos nas dívidas podem chegar a 90% do valor do débito. A negociação se dá em linha direta com a empresa responsável pela dívida, com o intermédio dos servidores do Procon.

A Caixa Econômica também iniciou esta semana uma renegociação de dívidas através do Caminhão Quita-Fácil, que está estacionado em frente ao Vapt-Vupt de Messejana. Estão sendo contemplados clientes com atrasos no pagamento de empréstimos a partir de um ano. Os descontos podem chegar a até 90%.

Declarações de Cid Gomes têm repercussão nacional, favorecem Bolsonaro e abalam aliança com o PT

images (9)

Não poderia ter sido mais desastrosa a declaração do senador eleito Cid Gomes (PDT) no evento pró-Haddad, organizado pelo governador Camilo Santana (PT). Nem tanto pelo conteúdo, já que os irmãos Ferreira Gomes já tinham feito críticas a erros do PT à frente da Presidência da República. Mas pelo local e momento escolhidos por Cid Gomes para desabafar. No ato onde se pregava a união das forças democráticas contra Bolsonaro, Cid desferiu críticas a Lula e ao PT na frente da militância petista. A reação foi imediata.

O presidente interino do PT no Ceará, Moisés Braz, disse que Cid Gomes foi infeliz em sua fala no ato. O deputado federal reeleito José Guimarães, coordenador da campanha de Haddad no Ceará, também lamentou o episódio e disse que o PT foi tratado de forma “desrespeitosa” em um momento “inadequado”. Diante da repercussão negativa das declarações em nível nacional, Moisés Braz considera que é incerta a vinda do candidato Fernando Haddad ao Ceará na campanha do 2° turno.

Os adversários do petista não deixaram de comemorar o bate-boca de Cid Gomes com a militância petista. A equipe de TV de Jair Bolsonaro tratou de utilizar o discurso de Cid contra o PT no horário eleitoral.

Na avaliação dos apoiadores de Haddad, se não fosse para ajudar a campanha da frente democrática, antes Cid Gomes não tivesse ido para o ato e se limitasse ao “apoio crítico”.

Camilo defende meta de 70% dos votos do Ceará para Haddad. Cid Gomes é vaiado por militantes no evento

images (8)

O encontro promovido pelo governador Camilo Santana (PT) com prefeitos, vereadores, deputados federais e estaduais eleitos este ano, na noite desta segunda-feira, dia 15 de outubro, no Marina Park Hotel, em Fortaleza, teve momentos de tensão. O primeiro a falar foi o senador eleito Cid Gomes (PDT). Ele fez críticas ao período em que o PT esteve à frente do Governo Federal e recebeu vaias da militância petista.

“Eu conheço o Haddad. É uma boa pessoa. Mas aí fica para algum companheiro do PT que me suceda aqui na fala, que se quiser fazer um exemplo para o País, tem de fazer um mea culpa. Tem de pedir desculpas, tem de ter humildade e reconhecer que fizeram muita besteira”, disse Cid Gomes.

Na sequência, o governador Camilo Santana amenizou a fala de Cid e afirmou compreender em parte a crítica do senador pedetista. “O momento é de ameaça à Democracia no País. Nós temos que nos unir. Haddad não é mais apenas uma candidatura do PT. Não tem o que comparar o preparo de Haddad para assumir a Presidência em relação ao o outro (Bolsonaro)”.

Camilo cobrou da militância engajamento no 2° turno para dar 70% dos votos do Ceará para Haddad. “Ciro (Gomes) foi campeão de votos no Estado. Haddad foi segundo. Temos total condição de transferir todos os votos do Ciro para Haddad”, ponderou o governador.

Ibope confirma vantagem de Bolsonaro sobre Fernando Haddad

images (7)

A primeira pesquisa feita pelo Ibope no 2° turno confirma a vantagem de Jair Bolsonaro (PSL) sobre Fernando Haddad (PT), também atestada por outros institutos de pesquisa. Faltando pouco menos de duas semanas para o 2° turno da eleição presidencial, Bolsonaro tem 59% dos votos válidos, contra 41% para Fernando Haddad (PT).

Na semana passada, o Datafolha mostrou Bolsonaro com 58% e Haddad com 42%. A consulta revela que as mudanças na estratégia da campanha do candidato petista ainda não surtiram efeito.

Fernando Haddad ainda espera que Bolsonaro vá aos debates de TV como forma de discutir os planos de governo para o País. O candidato do PSL se mantém afastado dos confrontos na mídia eletrônica. Tem preferido manifestações pelas redes sociais.

Sejus suspende visita de crianças a unidades penitenciárias após caso de estupro

organização-facç

Após um detento do Centro de Execução Penal e Integração Social Vasco Damasceno Weyne, em Itaitinga (CE) ser acusado de cometer violência sexual contra uma menina de 11 anos, no último sábado, 13, de outubro, durante visita de parentes aos presos, a Secretaria da Justiça e Cidadania do Ceará (Sejus) anunciou a suspensão das visitas de crianças a detentos que respondem por crimes sexuais e estão presos na unidade.
As investigações do caso estão sob responsabilidade da Delegacia Metropolitana de Itaitinga.
O Ministerio Público do Ceará e a Vara da Comarca de Itaitinga serão comunicados pela suspensão.
O suspeito foi conduzido ao isolamento até a conclusão das investigações. A Sejus precisa dar uma resposta efetiva sobre o caso, por ter ocorrido dentro de uma unidade penitenciária do Estado.

 

Roberto Cláudio promete entregar Academia do Professor até dezembro

IMG_20181015_164151

Em comemoração ao Dia do Professor, nesta segunda-feira, dia 15 de outubro, o prefeito Roberto Cláudio participou de visita com a secretária da Educação, Dalila Saldanha, às obras da Academia do Professor. RC lançou programas para valorização dos profissionais da Educação da Rede Municipal de Ensino de Fortaleza.
O lançamento dos programas faz parte da programação do Outubro Docente, em comemoração ao Mês do Professor. Serão três projetos instituídos pela SME, a partir de demandas dos próprios profissionais. O primeiro será o Programa Promoção da Saúde Integral do Profissional da Educação (Prosipe). Também será lançado o Programa de Pós-Graduação, com Cursos de Especialização para os profissionais, além do Programa de Prevenção e Combate ao Assédio Moral.
Localizada no Centro de Fortaleza, a Academia do Professor tem previsão de entrega no mês de dezembro.
O espaço vai oferecer, além de serviços de promoção da saúde do professor, espaço cultural, auditório para mais de 300 lugares, piscina, academia, quadra poliesportiva, biblioteca e salas de aula.

Cid Gomes participa de encontro Pró-Haddad em Fortaleza nesta segunda-feira

cid_gomes_camilo_santana

O senador eleito Cid Gomes (PDT) é esperado, nesta segunda-feira, dia 15 de outubro, no encontro promovido pelo governador Camilo Santana (PT), em Fortaleza, em prol da candidatura de Fernando Haddad (PT) à Presidência da República. A reunião terá prefeitos, deputados, vereadores, integrantes de movimentos sociais em torno de uma estratégia pró-Haddad.

No entanto, o irmão Ciro Gomes, que foi candidato à presidente pelo PDT, continua em viagem de sete dias a Europa. O PDT declarou “apoio crítico” a Fernando Haddad no 2° turno.

De acordo com o presidente estadual do PDT, André Figueiredo, o partido não deve se engajar na coordenação da campanha de Haddad no Ceará. André não participará da reunião porque viaja para Brasília, onde estará na sessão da Câmara dos Deputados nesta terça-feira, dia 16 de outubro.

Câmara Federal tem pautas a votar, mas continua esvaziada após 1° turno

image

A Câmara dos Deputados, em Brasília, tem pautas importantes a serem votadas ainda nesta legislatura, mas continua esvaziada após o 1° turno das Eleições. E há uma motivo. Uma grande quantidade de parlamentares não foi reeleita no mandato.

Entre os projetos importantes que precisam ser votados ainda este ano estão a Lei Orçamentária Anual, que determina os gastos do primeiro ano do próximo presidente. A LOA prevê déficit nas contas públicas de R$ 139 bilhões, alta em programas como Bolsa Família, no valor de R$ 3,5 bilhões e Salário Mínimo no valor de R$ 1.006.

A Câmara dos Deputados terá renovação de 47% em 2019, quase a metade. Até o recesso parlamentar, que começa no dia 22 de dezembro, os deputados atuais terão dois meses e uma pauta que promete ainda debates, antes que entre em cena a nova composição.

Bancada de oposição a Camilo Santana na Assembleia terá oito deputados estaduais

images (6)

Com as eleições de outubro, o número de deputados estaduais na bancada de oposição ao governador Camilo Santana (PT) diminuiu na Assembleia Legislativa. Na atual legislatura, eleita em 2014, o número chegou a ser 13 parlamentares, o que foi diminuindo ao longo dos quatro anos. Mas como alguns deputados não foram reeleitos ou conseguiram mandatos na Câmara Federal, os opositores ao governador eleito estão em número menor.

A partir de 2019 devem estar na oposição os deputados estaduais Renato Roseno (PSOL), Fernanda Pessoa (PSDB) e Heitor Férrer (SD), que foram reeleitos em outubro. Reforçam a bancada André Fernandes e Delegado Cavalcante, ambos do PSL, Vitor Valim e Soldado Noélio (Pros) e Nelinho (PSDB).