General Teophilo se aproxima de Bolsonaro e pode ganhar um cargo no Governo

FORTALEZA, CE, BRASIL, 03-09-2018 : sabatina com o candidato general Theophilo, estudio da TV O POVO. (Foto: Fabio Lima/O POVO)

Depois de deixar o PSDB de Tasso Jereissati, onde concorreu ao Governo do Estado, o General Theophilo se aproxima do presidente eleito Jair Bolsonaro e pode garantir um cargo no Governo Federal. O primeiro passo foi dado. General Teophilo se reuniu, nesta quinta-feira, dia 29 de novembro, em Brasília, com o futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro. O cargo para o General Theophilo seria exatamente na pasta comandada por Moro.

Na saída do encontro, no entanto, o ex-tucano não confirmou o acerto para ingressar no Governo Bolsonaro. General Teophilo acredita que com os seus conhecimentos adquiridos no tempo de Exército pode contribuir com o projeto de segurança pública do futuro Governo.

Antônio Henrique deve ser o futuro presidente da Câmara Municipal de Fortaleza

images (31)

Após reunião em que foi fechado um consenso dentro do PDT, partido com maior número de vereadores na Câmara Municipal de Fortaleza, o nome do parlamentar Antônio Henrique foi apontado como o futuro presidente da Casa em substituição a Salmito Filho, que foi eleito deputado estadual e assume em janeiro na Assembleia Legislativa.

As eleições para a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Fortaleza acontecem na segunda-feira, dia 3 de dezembro. O PDT indica o nome para a Presidência porque tem 11 vereadores na Casa.

Antônio Henrique também teve o nome chancelado pelo atual presidente Salmito Filho (PDT) e pelo prefeito Roberto Cláudio. Se eleito, Antônio Henrique, que está no terceiro mandato na Câmara, comandará a casa no biênio 2019-2020.

O restante da composição da mesa diretora deve ser definido até segunda-feira, dia 3. O vereador Adail Júnior deve continuar na vice-presidência e o nome de Ziêr Férrer foi indicado para a Segunda Secretaria.

 

Confirmado leilão do Aeroporto de Juazeiro do Norte para março de 2019

obras-em-juazeiro-2

O Aeroporto Orlando Bezerra, em Juazeiro do Norte, hoje controlado pela Infraero, vai a leilão no próximo ano. O Governo Federal marcou o leilão dos três blocos aeroportuários no Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste para o dia 15 de março de 2019, na Bolsa de Valores de São Paulo. O prazo de concessão será de 30 anos. O lance inicial previsto para arrematar os 12 terminais será de R$ 219 milhões, à vista.
Os 12 aeroportos que serão concedidos estão divididos em três blocos: Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste. O primeiro inclui os aeroportos do Recife (PE), Maceió (AL), Aracaju (SE), Juazeiro do Norte (CE), João Pessoa e Campina Grande, na Paraíba. Para o leilão, o valor mínimo desse lote será de R$ 171 milhões.

Passando para a iniciativa privada, como ocorreu com o Aeroporto de Fortaleza, a expectativa é que o Aeroporto de Juazeiro do Norte, do Cariri, ganhe novos investimentos e cresça em infraestrutura.

Deputados estaduais aprovam PEC que adia teto salarial no Ceará

bf3af0332944d37cfe3eb27103f23ae1_XL

Com o placar de 29 votos a favor e quatros contra, deputados estaduais aprovaram a proposta de emenda à Constituição (PEC) que adia o teto de servidores públicos estaduais, que vigoraria em dezembro desde ano.
A votação aconteceu na manhã desta quinta-feira, dia 29 de novembro, em dois turnos. Agora, o início do novo teto ficou para 2020.
De acordo com o deputado Capitão Wagner (Pros), a votação não cumpriu os prazos regimentais e que irá recorrer à Justiça contra a medida. Carlos Matos (PSDB), Fernanda Pessoa (PSDB) e Renato Roseno (Psol) também votaram contra. Roseno apelou para que o Governo do Ceará negociasse escalonamento com a categoria, já que não é possível dar o aumento que tinha sido votado antes.
O secretário do Planejamento e Gestão, Maia Júnior, argumentou que o adiamento é decorrente do reajuste de 16% do salário de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), sancionado pelo presidente Michel Temer (MDB) na segunda-feira, dia 26 de novembro. Isso porque o salário dos servidores do Ceará é limitado a 90,25% do subsídio dos ministros.

Número de ministérios de Bolsonaro já pode chegar a 22, diz o próprio presidente eleito

IMG_20181129_061206

A estimativa do presidente eleito Jair Bolsonaro na campanha eleitoral era formar um ministério com, no máximo, 15 pastas. No entanto, Bolsonaro já admite chegar a 22. A pressão dos aliados por cargos é grande. Uma delas é a do senador Magno Malta, do Espírito Santo, aliado de primeira linha do presidente eleito e que não conseguiu um novo mandato no Senado. Pastor Silas Malafaia, que apoiou Bolsonaro na campanha, cobra uma “atenção maior” do presidente eleito a Magno Malta. “Questão de gratidão”, diz. Malta foi quem convenceu várias lideranças evangélicas a embarcar na candidatura do agora presidente eleito.

As chances de Magno Malta ganhar uma vaga de ministro caíram muito. Bolsonaro confirmou mais três ministros (Desenvolvimento Regional, Turismo e Cidadania). Osmar Terra, ex-ministro de Temer, foi nomeado para a Cidadania. Cargo que era almejado por Magno Malta. A equipe de Bolsonaro na Esplanada dos Ministérios deve ser fechada até a próxima semana.

O que chamou atenção é o número de nomes ligados ao atual governo que vão integrar o primeiro escalão em 2019. Já são quatro os ocupantes e ex-ocupantes de cargos de comando no governo Michel Temer (MDB-SP) escolhidos pelo presidente eleito para serem ministros.

Governador do Rio de Janeiro é preso em operação da Polícia Federal

images (30)

Definitivamente, a maioria das autoridades do Rio de Janeiro está afundada na lama. Agora, foi o atual governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, que foi preso na manhã desta quinta-feira, dia 29 de novembro, em operação da Polícia Federal. O mandado foi expedido pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), sob a relatoria do ministro Felix Fischer, em nova fase da Lava Jato. O governador teria sido preso dentro do Palácio Laranjeiras, onde reside, por volta das 6 horas da manhã (de Brasília).

Pezão é investigado por suposto envolvimento no recebimento de propina, com base em delação do economista Carlos Emanuel Carvalho Miranda, ex-operador do ex-governador Sérgio Cabral.

Campanha Ceará sem Drogas chega a Missão Velha no Cariri

images (29)

O município de Missão Velha, na Região do Cariri, recebe a Campanha Ceará sem Drogas. O evento conta com palestra do ex-jogador da Seleção Brasileira, e hoje comentarista Walter Casagrande, que relata os problemas enfrentados por conta do uso de entorpecentes.

De acordo com o presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque, idealizador da Campanha, a ação, que chega à sua 26a edição, já alcançou cerca de 60 mil jovens, desde seu início em 2014.  
A campanha já promoveu atividades em Fortaleza, Sobral, Acaraú, Crateús, Crato, Limoeiro do Norte, Viçosa do Ceará, Nova Russas, Aquiraz, Campos Sales, Horizonte, Aracati, Cruz, Ocara, Russas, Brejo Santo, Várzea Alegre, Boa Viagem, Itatira, Morada Nova, Itapajé, Tauá e Massapê.

 

Erinaldo Dantas é o novo presidente da OAB Ceará

images (28)

O advogado Erinaldo Dantas é o novo presidente da OAB Ceará. O candidato foi eleito com 2.048 votos, no fim da tarde desta quarta-feira, dia 28 de novembro.
Erinaldo foi apoiado pelo atual dirigente da entidade, Marcelo Mota, que também foi eleito na chapa de Erinaldo para conselheiro federal da Ordem.
Sávio Aguiar vai assumir a presidência da Caace e Andrei Aguiar comandará a Escola Superior de Advocacia (ESA).
“Essa eleição foi uma prova da grande liderança do presidente Marcelo Mota, que elegeu seu sucessor e mostrou que essa gestão sim tinha muito a oferecer para a advocacia. Agora vamos oferecer muito mais”, disse o candidato eleito.

Ex-ministro Antônio Palocci pode ganhar do TRF-4 o direito de cumprir pena domiciliar

images (27)

Depois de disparar contra tudo e contra todos, o ex-ministro Antônio Palocci pode ser beneficiado com um habeas corpus que permitirá a ele o cumprimento de pena domiciliar. Palocci ainda pode ganhar uma redução de pena pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região, que retoma nesta quarta-feira, dia 28 de novembro, em Porto Alegre, o julgamento que pode dar ao ex-ministro o direito de ficar em prisão domiciliar depois de assinar um acordo de delação premiada na Operação Lava Jato. Antônio Palocci está preso preventivamente desde setembro de 2016.
A pauta da 8ª Turma do tribunal, que atua como segunda instância dos casos da Lava Jato julgados no Paraná, também inclui recursos do ex-ministro José Dirceu (PT); do ex-deputado federal Cândido Vaccarezza (Avante); de Delúbio Soares, ex-tesoureiro do PT; de Renato Duque, ex-diretor da Petrobras; e de Pedro Augusto Cortes Xavier Bastos, ex-gerente da estatal.

Projeto que libera a cerveja nos estádios cearenses sofre novo atraso para votação na AL

image (3)

Para insatisfação do autor do projeto, deputado estadual Gony Arruda (PP), a matéria que libera a venda e o consumo de cerveja em estádios do Ceará voltou a Procuradoria da Assembleia Legislativa para nova análise e sofreu novo atraso na votação em plenário.

O projeto já tramita há quase quatro anos. Gony Arruda acusa manobra para atrasar a votação pelos deputados. Gony Arruda não foi reeleito deputado e com o retardo no trâmite da matéria, é provável que o projeto que libera a cerveja nas praças esportivas cearenses só deve ser analisada em plenário no próximo ano, quando assumem os deputados eleitos em outubro passado.

Nesta terça-feira, dia 27 de novembro, houve nova audiência pública para tratar o tema na na Assembleia Legislativa com a com a presença de autoridades e especialistas de diversas áreas.