Advogados de Lula entram com habeas corpus no STF alegando imparcialidade de Moro

lula-moro-

Depois que o juiz federal Sérgio Moro aceitou o convite do presidente eleito Jair Bolsonaro, para o posto de ministro da justiça, a defesa do ex-presidente Lula entrou com recurso no Supremo Tribunal Federal em que usa a aceitação do cargo por Moro para pedir a liberdade do petista e a anulação do processo do tríplex, em que Lula foi condenado.

Os advogados acusam Moro de perda de imparcialidade. O pedido tem caráter liminar, ou seja, caso aceito, o ex-presidente poderia ser solto imediatamente. O que motivou a defesa de Lula a apresentar o habeas corpus, foi a indicação de que a campanha de Bolsonaro já havia discutido o posto com Sérgio Moro durante a eleição.
Para os advogados do ex-presidente, o juiz federal teria sido parcial ao longo da análise do processo do triplex, o que ocasionou a condenação do mesmo a 12 anos de prisão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *