Ex-ministro Antônio Palocci pode ganhar do TRF-4 o direito de cumprir pena domiciliar

images (27)

Depois de disparar contra tudo e contra todos, o ex-ministro Antônio Palocci pode ser beneficiado com um habeas corpus que permitirá a ele o cumprimento de pena domiciliar. Palocci ainda pode ganhar uma redução de pena pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região, que retoma nesta quarta-feira, dia 28 de novembro, em Porto Alegre, o julgamento que pode dar ao ex-ministro o direito de ficar em prisão domiciliar depois de assinar um acordo de delação premiada na Operação Lava Jato. Antônio Palocci está preso preventivamente desde setembro de 2016.
A pauta da 8ª Turma do tribunal, que atua como segunda instância dos casos da Lava Jato julgados no Paraná, também inclui recursos do ex-ministro José Dirceu (PT); do ex-deputado federal Cândido Vaccarezza (Avante); de Delúbio Soares, ex-tesoureiro do PT; de Renato Duque, ex-diretor da Petrobras; e de Pedro Augusto Cortes Xavier Bastos, ex-gerente da estatal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *