Caixa Econômica enfrenta mais um “rombo” com fraudes em empréstimos

caixa8

A Caixa Econômica no Ceará passa por mais uma situação de desvio de recursos, com a participação de gestores nas agências. A Polícia Federal prendeu, nesta quarta-feira, dia 1º de junho, 13 pessoas envolvidas num esquema de fraude em empréstimos. São empresários, funcionários da própria e outras pessoas utilizadas como “laranjas”. O rombo é estimado em R$ 50 milhões através de fraudes em contratos de empréstimos.
A Operação Caixa Preta cumpriu 15 mandados de prisão temporária e 23 mandados de busca e apreensão expedidos pela 32ª Vara da Justiça Federal.
Na operação da PF, dois gerentes da Caixa foram detidos em Fortaleza e outros dois estão foragidos. Os envolvidos nas fraudes serão indiciados por estelionato, falsidade ideológica, uso de documento falso, peculato, corrupções ativa e passiva, crime financeiro, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Servidores da saúde de nível médio do Estado entram em greve

Servidores da saúde de nível médio do Estado entram em greve
Trabalhadores do setor de saúde, ligados ao Governo do Estado, decidiram cruzar os braços a partir desta quarta-feira, dia 1o de junho. Eles cobram a volta de uma gratificação extinta ainda em 2012.
Para marcar o primeiro dia de mobilização da greve, os servidores da saúde estadual de nivel médio se concentraram em frente ao Palácio da Abolição, em Fortaleza. A principal reivindicação da categoria é o retorno no pagamento de gratificações que foram extintas ou reduzidas pelo Governo desde dezembro de 2012.
Com a greve iniciada hoje, o atendimento nas unidades de saúde estaduais fica prejudicado, porque os trabalhadores do nível médio, que participaram do movimento, representam cerca de 40 por cento do quadro de pessoal dos hospitais da rede.
O calendário de mobilização dos servidores da saúde envolve manifestações programadas em sete hospitais mantidos pelo Estado na Capital a cada dois dias da semana.

MAIS UMA REBELIÃO NOS CENTROS PARA MENORES. E MAIS QUEBRADEIRA

Centro Educacional Patativa do Assaré

Os menores que cumprem medidas sócio-educativas no Centro Educacional Patativa do Assaré, no bairro Ancuri, em Fortaleza, voltaram a se rebelar. Desde a madrugada desta quarta-feira, dia 1º de junho, cerca de 90 deles tentaram fugir e promovem uma verdadeira quebradeira na unidade. Eles tentaram cerrar as grades do centro e fugir, mas foram impedidos por policiais militares, que reforçam a segurança na parte externa.

Durante a madrugada e agora na parte da manhã foram registrados focos de incêndio no Centro Educacional, mas o Corpo de Bombeiros foi acionado para evitar a propagação do fogo. No último domingo, dia 29 de maio, cerca de 11 adolescentes já tinham fugido do Patativa do Assaré, no Ancuri.

O Governo do Estado ainda não conseguiu reduzir o problema de fugas nas unidades e a situação só tem piorado nos últimos meses.

RELATÓRIO QUE PEDE A CASSAÇÃO DE EDUARDO CUNHA SERÁ LIDO NESTA QUARTA-FEIRA

marcos rogerio

Depois de muitos atrasos e manobras, o Conselho de Ética da Câmara dos Deputados faz nesta quarta-feira, dia 1º de junho, a leitura, discussão e votação do parecer Marcos Rogério (DEM-RO), relator do processo de Eduardo Cunha (PMDB-RJ). O deputado vai pedir a cassação do mandato do presidente afastado da Câmara Federal. Se aprovado, o processo vai a votação no plenário. Marcos Rogério argumentará que Eduardo Cunha mentiu à CPI da Petrobras ao afirmar que não tem contas bancárias no exterior.
Eduardo Cunha está atualmente com o mandato suspenso e foi afastado da presidência da Câmara por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), acusado de usar o cargo para prejudicar as investigações da Lava Jato e o andamento do processo no Conselho de Ética da Câmara.

EX-PRESIDENTE DO PSDB DE MINAS É PRESO. ELE FOI SECRETÁRIO DO GOVERNO ANTÔNIO ANASTASIA

images
A Operação Aequalis, teve seis mandados de prisão cumpridos em Belo Horizonte (MG). E um dos detidos foi o ex-deputado federal Nárcio Rodrigues da Silveira (PSDB), que foi secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais durante o governo de Antonio Anastasia (PSDB), entre dezembro de 2010 e novembro de 2014. Anastasia é o relator do processo de impeachment de Dilma Roussef no Senado Federal. O ex-deputado Nárcio Rodrigues também foi presidente do PSDB em Minas Gerais. A operação envolve o Grupo Especial de Promotores de Justiça de Defesa do Patrimônio Público e a Polícia Militar (PM).
O fato pitoresco nessa história é que no dia da votação do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, na Câmara Federal, o deputado federal Caio Narcio (PSDB-MG), filho do ex-secretário, votou pelo afastamento da petista e citou seu pai. “Por um Brasil aonde meu pai e meu avô diziam que decência e honestidade não era possibilidade, era obrigação. Por um Brasil aonde os brasileiros tenham decência e honestidade”, afirmou o parlamentar no último dia 17 de abril, com uma bandeira do país nas mãos. É mais um que queima a língua com a sujeira escondida dentro da própria casa.

O dia em que o litro da gasolina custa R$ 2,35

7254adff-e650-43e5-bea7-aa7c8544cc0b
Quatro mil litros de combustível estão sendo vendidos nesta terça-feira, dia 31 de maio, num posto de Fortaleza sem a cobrança de impostos. A iniciativa faz parte de um protesto dos donos de postos contra alta carga tributária.
Quem não quer pagar mais barato pelo combustível? Muitas pessoas decidiram acordar mais cedo para fazer fila em frente a um posto do bairro Dionísio Torres, em Fortaleza, para aproveitar uma promoção. Pagar pela gasolina sem a cobrança de impostos. O litro caiu de R$ 3,99 para R$ 2,35.
Para abastecer o carro pagando menos, havia uma limitação. Foram oferecidas apenas 260 senhas. Para os carros só podia colocar 20 litros e nas motocicletas, cinco litros. A ideia dos organizadores era chamar a atenção dos consumidores para o abuso do Governo na cobrança de tributos.
A carga tributária que incide nos combustíveis é superior a 40 por cento. De acordo com o Sindipostos, não tem como não repassar ao consumidor final. E por isso, está cada vez mais caro rodar de automóvel todos os dias.

Retirada de passaportes na PF está mais demorada que o normal

dsc05930
O tempo de emissão de passaportes pela Polícia Federal passou de seis para 20 dias úteis. O problema foi ocasionado por um atraso na liberação das cadernetas do documento pela Casa da Moeda. A PF espera normalizar novamente a entrega até o início de julho.
De acordo com Alexsandra Oliveira Medeiros Reis, delegada de Imigração do PF, em Fortaleza, o tempo médio para a entrega do passaporte aqui na Polícia Federal passou de seis para 20 dias úteis. Uma situação que ocasionou acúmulo de documentos para entregar.
Diariamente, cerca de 250 pessoas dão entrada no pedido do documento no Setor de Emissão de Passaportes. Outros 250 vem ao órgão para receber. No caso desses últimos, o tempo de espera ficou maior. O custo da requisição é de R$ 257 reais e 25 centavos. Mas a PF dispõe de alternativas para quem tem alguma viagem marcada fora do prazo previsto de liberação.
O atendimento na emissão de passaportes da PF em Fortaleza funciona agora no subsolo do Shopping Iguatemi.

Secretaria de Desenvolvimento Agrário garante a liberação de R$ 12 milhões para 3a fase do Projeto São José

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

A Secretaria de Desenvolvimento Agrário assinou nesta segunda-feira, dia 30 de maio, 40 convênios do Projeto São José III que visa beneficiar pequenos produtores de 33 municípios cearenses.
Durante a solenidade foram assinados convênios para financiamento de vários produtores da área rural nos setores de apicultura, fruticultura e ovinocultira. São 33 municípios cearenses beneficiados com os recursos, que fazem parte da terceira fase do Projeto São José.
Segundo Dedé Teixeira, secretário de Desenvolvimento

Agrário, são R$ 12 milhões em recursos para as comunidades assistidas.
Além dos recursos para financiar os projetos, o Governo do Estado também vai garantir aos produtores assistência técnica e orientação durante toda a execução das ações.

CAI O SEGUNDO MINISTRO DO GOVERNO TEMER

fabiano-silveira7

Depois de Romero Juca, cai mais um ministro de Temer. O caso da gravação feita pelo ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, envolvendo o ministro da Transparência, Fiscalização e Controle, Fabiano Silveira, em que ele aparece criticando a Lava Jato e dando conselhos a investigados na operação, só mostra o quanto a equipe ministerial do Governo Michel Temer é suspeito. Fabiano Silveira é o segundo que aparece, comprovadamente, atrapalhando as investigações de corrupção em Brasília. Resultado: ele pediu demissão e é o segundo Ministro de Temer a cair.
A pressão em cima do presidente interino era forte. O chefe da Controladoria Regional da União no Ceará, Roberto Vieira, entregou o cargo nesta segunda-feira, dia 30 de maio. O mesmo acontece em 25 regionais de todo o País, com mais de 200 cargos de direção ou supervisão tendo sido entregues.
Para completar, servidores da Controladoria Geral da União fizeram protestos na sede do órgão em Brasília. Eles impediram a entrada do ministro Fabiano Silveira no prédio.

Associações da PM descartam greve no momento, mas cobram do Governo reajuste diferenciado

seila

Policiais e bombeiros militares se reuniram no fim de semana em assembleia para discutir uma proposta de reajuste salarial a ser apresentada ao Governo do Estado. De acordo com entidades representativas dos militares, não há nenhum movimento de paralisação em vista.
O encontro foi organizado pelas entidades representativas de policiais e bombeiros, que se mostram preocupados com a indefinição do Governo do Estado quanto ao índice de reajuste salarial a ser adotado este ano. Camilo Santana já manteve um encontro com as associações militares e mostrou disposição em dar um aumento dentro da média salarial dos estados do Nordeste. Mas ainda não há nada de concreto.
As associações militares descartaram qualquer movimento de paralisação no momento, até porque as negociaçoes com o Estado estão abertas.
O anúncio do índice de reajuste dos servidores públicos estaduais é prometido pelo Governo até o dia 10 de junho. Mas os militares dizem não abrir mão de uma maior valorização da categoria.