Oposição critica planejamento do Governo do Estado para combater a seca

seca

A oposição ao governador Camilo Santana não dá descanso quanto às críticas relacionadas às ações de combate a estiagem e, principalmente, a garantia de segurança hídrica às regiões que tiveram poucas chuvas em 2016. Na avaliação do líder do PSDB na Assembleia Legislativa, Carlos Matos, houve demora nas ações desencadeadas pelo Estado. “No dia 12 fevereiro de 2015, inaugurei a tribuna da Assembleia como deputado estadual para alertar o Governo sobre a crise hídrica. Ao analisar o Plano Estadual de Convivência com a Seca, identifiquei que não havia um centavo para as ações emergenciais de gestão de água. Também não havia um centavo para investir em programas de incentivo à redução de consumo, nem para reuso de água”, afirmou Carlos Matos.
O parlamentar apontou ainda que apenas 30% das ações previstas para a convivência com a seca foram executadas. “Estamos vendo o colapso chegar: bairros sem abastecimento de água, 30 sedes de municípios com racionamento e, até agora, a Cagece não nos apresentou nenhum plano para a situação”, salientou o deputado tucano.

 

CIENTZanuncio clipping ANUNCIE+++

Vereadores de Fortaleza entram em recesso até agosto. Salmito Filho faz balanço do 1o semestre

vere

O presidente Salmito Filho fez um balanço das atividades legislativas do primeiro semestre na Câmara Municipal. Ele garante que os trabalhos na Casa não serão prejudicados até outubro por causa das eleições municipais.
O recesso parlamentar na Câmara Municipal de Fortaleza começa nesta sexta-feira e vai até o dia 31 de julho. Está foi a última sessão legislativa do primeiro semestre. Um momento para que o presidente da Casa, Salmito Filho, fizesse um balanço das atividades do período. De janeiro a julho, tramitaram na Câmara 373 projetos de lei apresentados por vereadores.
Em outubro acontecem as eleições municipais. O presidente Salmito Filho garante que a campanha não vai atrapalhar a produção legislativa no segundo semestre. Cerca de 70% dos atuais vereadores vão buscar a reeleição.
Na pauta para o segundo semestre, Salmito Filho destaca a necessidade de se discutir a revisão da Lei Orgânica do Município.

CIENTZanuncio clipping ANUNCIE+++

Eduardo Cunha renuncia à presidência da Câmara. Falta só perder o mandato

 

President of Brazil's Chamber of Deputies Eduardo Cunha gestures during a breakfast with journalists at the Chamber of Deputies in Brasilia, Brazil, December 29, 2015. REUTERS/Ueslei Marcelino

O deputado Eduardo Cunha  renunciou ao cargo de presidente da Câmara dos Deputados, de onde estava afastado desde maio, por decisão do Supremo Tribunal Federal.
Diante da renúncia, a Câmara tem até cinco sessões para eleger o sucessor de Cunha, que terá uma “gestão tampão” até 1º de fevereiro de 2017.
Ao deixar o cargo, deputados avaliam que Eduardo Cunha espera conseguir apoio na CCJ e no plenário para salvar seu mandato. Resta saber se ainda haverá aliados suficientes para isso.

 

CIENTZanuncio clipping ANUNCIE+++

 

 

 

Foto: Ueslei Marcelino

Defesa Civil do Município ganha nova sede no Centro de Fortaleza

def cea
A Defesa Civil do Município fez um balanço da quadra chuvosa deste ano. Na oportunidade, também foi inaugurada a nova sede do órgão que vai funcionar num prédio localizado no Centro da Capital.
A estrutura de dois pavimentos conta com 28 salas, que vão abrigar as coordenadorias e demais setores da Defesa Civil do Município. O prédio era ocupado anteriormente pela Advocacia Geral da União e foi cedido à Prefeitura pela Superintendência do Patrimônio da União.
Além da inauguração da nova sede, a Defesa Civil do Município apresentou hoje um balanço das ações da quadra chuvosa de 2016 na Capital. Foram cerca de 1.500 atendimentos nos quatro primeiros meses do ano.
Atualmente, 450 famílias que perderam casas por conta das chuvas em Fortaleza dependem do aluguel social pago pelo Município. Com a nova sede no Centro da cidade, o atendimento ficará mais acessível.

CIENTZanuncio clipping ANUNCIE+++

Seis empreiteiras de maior porte que atuam no País já tiveram executivos presos

15212840.jpeg

A Operação Lava Jato não tem poupado ninguém. para se ter uma ideia, seis das dez maiores empreiteiras do país já tiveram executivos presos na Operação Lava Jato, que apura desvio de recursos da Petrobras na ordem de R$ 10 bilhões.
Levantamento feito pelo Portal G1 mostra que as empreiteiras com executivos presos são Odebrecht, Queiroz Galvão, Camargo Corrêa, Andrade Gutierrez, Galvão Engenharia e Construcap.
Pelo menos 42 executivos de empreiteiras já foram presos em todas as fases da Lava Jato. Considerando apenas as sete maiores empresas, foram pelo menos 27 prisões.

CIENTZanuncio clipping ANUNCIE+++

Senadores pedem à PGR teor dos pedidos de prisão de Renan, Juca e Sarney

2out2007---senadores-romero-juca-jose-sarney-e-renan-calheiros-durante-jantar-da-bancada-do-pmdb-na-residencia-do-senado-valdir-raupp-em-brasilia-1464205593509_615x300
Os senadores Cristovam Buarque (PPS-DF) e Randolfe Rodrigues (Rede-AP) pediram à Procuradoria-Geral da República o inteiro teor dos pedidos de prisão de Renan Calheiros (PMDB-AL), Romero Jucá (PMDB-RR) e do ex-presidente José Sarney. Senadores temem que receio de prisão seja a real motivação dos peemedebistas para aprovar lei de abuso de autoridade em tramitação na Casa.
Os senadores acreditam que a exposição dos motivos do pedido de prisão poderiam mostrar alguma correlação com o projeto de abuso de autoridade, que Renan Calheiros afirmou que colocará em votação no Senado antes do recesso parlamentar de julho.

 

CIENTZanuncio clipping ANUNCIE+++

Procon Municipal atende em pontos turísticos da Capital no mês de férias

procon-codigo-defesa-do-consumido

Começou esta semana, em Fortaleza, o projeto Ação Férias Legal, do Procon Municipal, que tem o objetivo de oferecer ao turista uma facilidade para fazer reclamações de questões que venham a ferir o Código de Defesa do Consumidor.
Até o próximo dia 30 de julho, o consumidor poderá ter acesso a unidade móvel do Procon Municipal que está fazendo rotas itinerantes em pontos turísticos da Capital. O objetivo é oferecer atendimento rápido ao turista que venha ter algum problema quanto a desrespeito ao Código de Defesa do Consumidor.
Há duas unidades móveis do Procon Municipal prestando atendimento no Mercado Central e no Aeroporto Internacional Pinto Martins, mas durante o mês de julho outros pontos turísticos da Capital também serão visitados.

CIENTZanuncio clipping ANUNCIE+++

Dilma apresenta defesa por escrito. Comissão do Senado só volta a trabalhar agora dia 2 de agosto

wmX-800x600x4-570235567573e22378f51b2c0b96b2e54b55a96767ba2
A defesa da presidente afastada, Dilma Rousseff, foi realizada nesta quarta-feira, dia 6 de julho, pelo advogado José Eduardo Cardozo. Ele leu texto em que Dilma reafirma não ter cometido crime de responsabilidade na acusação dos decretos de suplementação orçamentária, nem as chamadas pedaladas fiscais. Foi o fim da fase de investigação.
Agora, o relator da Comissão Especial, Antônio Anastasia, apresenta seu parecer no dia 2 de agosto, e a comissão coloca o texto em votação no dia 4 do mesmo mês.
O presidente do Senado Federal, Renan Calheiros, prevê que a data da sessão final de julgamento de Dilma Rousseff em plenário deve acontecer entre os dias 25 e 27 de agosto.

 

CIENTZanuncio clipping ANUNCIE+++

Aliado de Cunha tenta última cartada para salvá-lo da cassação

49697372-f774-4847-b2a8-7ff7d4c715d0.jpeg
Na reta final está valendo tudo para salvar o mandato de Eduardo Cunha. O relator do recurso movido pela defesa do presidente afastado da Câmara dos Deputados junto à Comissão de Constituição e Justiça da Casa, Ronaldo Fonseca (PROS-DF), citou uma traição a Cunha para pedir a anulação da votação do parecer no Conselho de Ética da Câmara.
De acordo com o aliado de Cunha, a chamada nominal feita pelo presidente do Conselho de Ética, José Carlos Araújo, foi  ilegal.
Após a leitura do parecer do relator foi feito um pedido de vista coletivo. Desta forma, abre-se um prazo de dois dias úteis para que os parlamentares analisem o documento. A apreciação do parecer deverá acontecer na próxima reunião, marcada para segunda-feira, dia 11 de julho.

 

 

CIENTZanuncio clipping ANUNCIE+++

Lula estará em Brasília para articular com senadores sobre votação final do impeachment

 

Ex-presidente Lula participa da  5ª Conferência Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva estará em Brasília nesta quarta-feira, dia 6 de julho, para se reunir com senadores aliados para articular em torno sobre a votação final do impeachment em plenário.
Lula avalia que a proposta de um plebiscito para novas eleições presidenciais ainda não é suficiente para reverter o impeachment. É necessário o apoio público de pelo menos 27 dos 81 senadores.
Esta é a mesma quantidade que Dilma Rousseff precisa para ter em votos no plenário do Senado para se livrar do afastamento definitivo. Na primeira fase do processo, a presidente afastada teve apoio de apenas 22 senadores

CIENTZanuncio clipping ANUNCIE+++

 

Foto:Fabio Rodrigues Pozzebom